Consertando uma TV microprocessada Philips - Eletrônica Service
Consertando uma TV microprocessada Philips

Consertando uma TV microprocessada Philips

Compartilhar
Nos modelos GL e CN da Philips, se o aparelho estiver apagado, para detectar o defeito o procedimento é desligar o resistor que recebe o comando do microprocessador (micro-controlador) para que a fonte ligue. No caso, trata-se de um resistor de 4,7K Ohms (R3924). Se o aparelho não ligar, o defeito está na fonte. Se o aparelho ligar, o defeito se encontra no circuito do microprocessador. Caso a fonte não ligue, deve-se fazer uma pesquisa no circuito da fonte, para detectar a possível causa. Já se a fonte não ligar, o defeito pode ser no próprio microprocessador. Mas antes de condenar o microprocessador, deve-se verificar a fonte de 5 volts, a EEPROM, o pulso sand-castle ou o circuito integrado do vertical, pois no interior deste existe um amplificador operacional trabalhando com o pulso sand-castle. Ao ser trocada a memória EEPROM, em alguns casos nada surge na tela do televisor, somente acendendo o filamento do tubo de imagens. Para se ver alguma coisa, deve-se aumentar um pouco a tensão da grade screen do tubo, para se programar a nova EEPROM, pois neste caso ela não estaria pré-programada (gravada).

Pages